🇮🇹 ITÁLIA – TUDO PARA A SUA VIAGEM

Cadastre aqui o seu e-mail
para receber nossas novidades e promoções

Cadastre aqui o seu e-mail
para receber nossas novidades e promoções

Um país repleto de belezas naturais, história, cultura e, claro, boa gastronomia, programar uma viagem para Itália é a certeza de vivenciar “la dolce vita” (a vida doce, em tradução para o português). Prepare-se para descobrir novos sabores, ver a cultura italiana de perto e, ainda, encontrar paisagens de tirar o fôlego. 

Um guia completo com tudo que você precisa saber para a sua viagem para Itália. Informações sobre hotéis, atrações, passeios, restaurantes, bares e muito mais. Confira as informações principais para sua viagem à Itália ser inesquecível, neste guia. 

O QUE FAZER NA ITÁLIA: 

ROMA 

Pensar na “cidade eterna”, como Roma é carinhosamente apelidada, é pensar em monumentos históricos que fazem parte da cultura do país e na possibilidade de visitá-los, se imaginando em tempos antigos. Como o fato de visitar o grandioso Coliseu (atração paga à parte), juntamente com o Palatino e Fórum Romano, com cenário digno de filme, é de arrepiar ao conhecer a fundo a história do local. 

Além disso, ande um pouco mais para o centro da cidade e visualize a belíssima Fontana di Trevi, que recebeu esse nome porque é a união de três ruas (tre vie). É maior e mais linda ainda pessoalmente e, ainda, carrega a lenda que se você jogar uma moeda, sobre o ombro, para dentro da fonte, você irá retornar à Roma – na dúvida, por que não? 

Fontana di Trevi
Fontana di Trevi.

Em Roma, é possível andar pela cidade para explorar a cultura da cidade e se deparar com grandes prédios históricos, como o Panteão, que permite entrada gratuita para conhecer brevemente o seu interior. Aproveite para andar um pouco em meio às ruelas cheias de lojas locais, para chegar à Piazza Navona, bela praça com fonte ao centro e restaurantes no entorno. 

Atrações imperdíveis na cidade eterna são a Piazza di Spagna, com a escadaria mais charmosa de Roma e lojas de grife ao redor do local. Você também deve se encantar com a grandiosidade do Castelo Sant’Angelo e, ao chegar no local, olhe para o horizonte para a Basílica de São Pedro, no Estado do Vaticano. 

Piazza San Pietro na Cidade do Vaticano

Não deixe de conferir uma ida ao Vaticano, que fica dentro de Roma, para se encantar com a formosura do local, juntamente com a diversidade de museus – os Museus do Vaticano cobram entrada à parte e te possibilita de conhecer a famosa Capela Sistina – tire pelo menos um período da viagem para esse mergulho na história do local.

Detalhes interiores e arquitetônicos da Capela Sistina, Itália.
Detalhes interiores e arquitetônicos da Capela Sistina, Itália.
FLORENÇA 

A capital da região da Toscana, além de linda, também é repleta de arte e arquiteturas que chamam a atenção. Florença tem seus encantos à parte, começando pela Ponte Vecchio, construída com arcos medievais sobre o Rio Arno e com comércios que vão de gastronômicos à lojas em seu interior. Um belo local para observar o pôr do sol, além de ser ainda mais linda quando observada de longe, em outros pontos da cidade. 

Perto da Ponte, estão museus importantes da cidade, que carregam obras de Michelangelo, Botticelli e outros artistas de brilhar os olhos. Visite a Galleria degli Uffizi e a Accademia, essa última se encontra Davi de Michelangelo, uma das esculturas mais famosas, além de incrível de se admirar de perto. Ambos os museus cobram entrada, por isso recomendamos que garanta seus ingressos antecipadamente nos respectivos sites oficiais. 

 

Vista panorâmica do pôr do sol na Catedral Duomo Santa Maria del Fiore e na Torre Palazzo Vecchio, durante o pôr do sol.

Perto dos dois museus, está a Piazza della Signoria, uma grande praça que concentra diversas lojas de grifes, estátuas, e é entrada para o Museu da Gucci, marca italiana que abre as portas de um museu próprio que conta história de coleções passadas. Entrada cobrada à parte, com disponibilidade para adquirir o ingresso na bilheteria local. 

A Catedral Santa Maria del Fiore, conhecida por fazer parte da Duomo de Florença um complexo que também inclui o Batistério, o Museu dell’Opera, o Campanário de Giotto e a cúpula de Brunelleschi – que é o ponto mais alto dessa união e pode ser visto de diversos locais da cidade. Em resumo, tudo por ali é puro charme. É possível entrar nos locais que deseja, mas a beleza do lado de fora também marca a memória. 

 Pisa, uma cidade famosa por sua torre inclinada, está a cerca de 80 km de distância de Florença. Caso haja a possibilidade, recomendamos destinar um dia para um bate e volta e conhecer a cidade, além de garantir uma foto tradicional com a torre de fundo. 

 

MILÃO 

A capital da moda e do design arranca suspiros de todos os apaixonados por arquitetural. A cidade respira modernidade, com um toque urbano e tecnológico, sem deixar a cultura forte italiana de lado. Como ponto principal de parada, vá ao centro da cidade conhecer a Duomo – que é a Catedral de Milão – e se encante com sua grandiosidade e características góticas. 

Localizada em frente à Duomo, está a Galleria Vittorio Emanuele II, que abriga as lojas de marcas mais importantes, como Prada, Gucci, Dior, e muitas outras, junto com negócios comerciais menos conhecidos. Um espaço moderno, com até restaurantes em seu interior, e cheio de sofisticação. 

Vista panorâmica da Piazza del Duomo (Praça da Catedral) à noite, Milão, Itália
Vista panorâmica da Piazza del Duomo (Praça da Catedral) à noite, Milão, Itália

Milão também possui um castelo, conhecido como Castelo Sforzesco, um dos monumentos mais emblemáticos da cidade e abriga diversos museus em seu interior. Além disso, aproveite para passear no bairro Brera, onde vivem artistas e com uma pegada mais boêmia. Para compras, vá a loja local La Rinascente, próxima a Piazza del Duomo (praça da catedral principal), por lá você também irá encontrar diversas outras lojas. E, também, não deixe de dar uma volta de bonde por Milão, para conhecer a cidade.

Uma dica especial para deixar sua viagem à Milão ainda mais encantadora é fazer um bate e volta até Como, cidade onde começa o famoso Lago de Como. Aproveite para passar um dia inteiro conhecendo a cidade e, ainda, explorar outros vilarejos ao redor em um passeio de barco. A distância entre Milão e Como é de 50 km e a viagem pode ser feita de carro ou trem.  

 

ONDE COMER NA ITÁLIA

A expressão “mangia che te fa bene” (coma que te faz bem, em tradução para o português), é válida quando falamos em comer bem na Itália. Em Roma, as opções variam de massa, pizza, a cafés expressos e, claro, gelatos. Para mergulhar de vez na gastronomia romana, dê uma passada no Il Mercato Centrale, localizado próximo à estação de trem Termini (uma das mais famosas da cidade). É um mercadão, assim como o de Florença, aberto todos os dias e com variedades para todos os gostos. 

Delicioso sorvete na bela Venezia, Itália em frente a um canal.
Delicioso sorvete na bela Venezia, Itália em frente a um canal.

Para os viajantes que buscam uma experiência gastronômica aliada a uma bela vista, o Ristorante Lusso Aroma te dá o direito a saborear a clássica culinária italiana em grande estilo: vista privilegiada do grandioso Coliseu. Aproveite para tomar um delicioso café, próximo da região, no Cafè Cafè

Não deixe de saborear um tradicional gelato italiano, a gelateria Venchi é tradicional da Itália e, claro, aproveite para degustar sabores típicos como pistache e fruta de bosco. Por fim, um jantar em Trastevere, o bairro boêmio da cidade, que reúne diversos restaurantes, trattorias e osterias para todos os gostos, merece sua atenção especial, entre em qualquer opção pelo caminho e surpreenda-se. 

 

 

Em Florença, prepare-se para vivenciar novos sabores ao paladar, aliados à vista agradável da cidade. Começando pela Trattoria Ponte Vecchio, localizada próxima a ponte de mesmo nome, que oferece variedades da culinária italiana. A Trattoria Zá Zá também recebe diversos elogios de todos que a visitam, localizada na Piazza Mercato Centrale – com o mercadão parecido com o de Roma. 

Saboreie o melhor panini, um sanduíche clássico italiano, de Florença no All’Antico Vinaio. E, ainda próximo à famosa ponte, aproveite para tomar um café e um gelato em diversos pontos espalhados na região, como na Gelateria Morè

Para jantar, que tal uma deliciosa pizza? Se for a vontade do dia, a Pizza’Agnolo e encontre pizzas individuais deliciosas e outras opções do cardápio. 

Pizza italiana com copos de vinho branco contra vinhas da Toscana perto de Florença na Itália
Pizza italiana com vinho branco com vista para as vinhas da Toscana, perto de Florença na Itália.

A modernidade de Milão se estende aos locais da cidade, mantendo a essência italiana ainda mais especial, como o caso do Starbucks Reserve Roastery – uma unidade da rede Starbucks tecnológica e charmosa, em um antigo prédio de correios. A proposta desse modelo é trazer uma nova experiência de cafés, unindo a expertise da rede com a autenticidade de Milão, uma parada obrigatória para os apaixonados pela bebida. 

Para outras refeições, como almoço ou jantar, você encontra opções sofisticadas em diversos locais da cidade, como o restaurante Il Solferino. Com cardápio italiano variado, mantendo a originalidade que encanta, em um ambiente clássico e requintado. Assim como o restaurante La Briciola, que tem tudo para te surpreender, em um ambiente sofisticado. 

 

Outra opção clássica milanesa é o restaurante Da Regina, super tradicional e encantador, em localização privilegiada, próximo a Duomo de Milão e a Galleria Vittorio Emanuele II. Se busca uma opção no bairro Brera, o La Tartine é um dos queridinhos. 

QUANDO IR PARA A ITÁLIA

Prefira visitar a Itália nos meses em que as temperaturas são mais amenas e permitem fazer atividades ao ar livre, sem sofrer com os extremos – de calor e frio. Os meses da primavera (abril a junho) e outono (setembro e outubro) são os melhores momentos para viajar para a Itália.

Paisagem em Toscana, Itália
Paisagem em Toscana, Itália

Além disso, no período do verão, considerado alta temporada, além de ser muito quente no país, é possível que as filas fiquem ainda maiores para as visitas nos pontos turísticos. Já no inverno, o contrário acontece, e o frio e a neve, em determinadas regiões, impossibilita de aproveitar o belo país. 

 

ONDE FICAR NA ITÁLIA: Roma, Milão e Florença na Itália

As opções de hospedagem variam de acordo com a localização do espaço, estando mais próxima de pontos turísticos ou de meios de transporte, como estações de trem, por exemplo. Em Roma, você encontra opções próximas à estação Termini, com fácil acesso e boa mobilidade para diversos pontos da cidade, como o Hotel Milton Roma – elegante e confortável. 

Para uma opção de hospedagem sofisticada em Roma, o Hotel Savoy é ideal, com uma bela vista panorâmica para a “cidade eterna” e diversas comodidades para tornar sua estada única. Se deseja uma boa localização, próximo à Fontana de Trevi, está o Hotel Hiberia, que une custo-benefício a facilidade de locomoção aos pontos turísticos próximos. 

Vista de varanda de hotel na Itália.
Vista de varanda de hotel na Itália.

Já para sua hospedagem em Florença, as opções também variam conforme a distância dos pontos turísticos da cidade. Próximo à Catedral Santa Maria del Fiore e pronto para proporcionar uma experiência requintada, o Solo Experience Hotel é ideal para quem busca sofisticação e conforto. 

Ainda para quem espera uma hospedagem sofisticada em Florença, o Hotel Alba Palace reúne decoração clássica, conforto e boa localização. Por outro lado, se deseja um hotel que preze pelo custo-benefício, confira o Hotel Machiavelli Palace que é bem confortável. 

Em Milão, as opções são sofisticadas e modernas, seguindo os padrões da cidade. Você encontra diversos hotéis requintados para todos os gostos, começando pelo clássico e elegante Principe Di Savoia que dispõe de todas as comodidades necessárias para sua experiência. 

Outra opção charmosa e requintada para sua hospedagem em Milão, é o Hotel Folen, com boa localização e muito conforto. Por fim, se deseja uma opção de bom custo-benefício, o Eurohotel está próximo do coração de Milão e é confortável e prático. 

Para quem busca opções econômicas de hospedagem para a viagem à Itália, por lá é possível encontrar aluguel de apartamentos centrais que permitem bastante liberdade e economia para a estada, além de serem muito confortáveis. 

 

COMO CHEGAR NA ITÁLIA: Informações e deslocamentos

Grand Canal em Veneza ao pôr do sol, Itália.

É fácil se deslocar até a Itália, diversas cidades dispõem de aeroportos internacionais e nacionais, com a possibilidade de voos diretos partindo do Brasil ou com conexões em países europeus ou na própria Itália. 

Os principais aeroportos estão nas cidades de Roma, Milão e Veneza. O Aeroporto Internacional de Roma Fiumicino-Leonardo da Vinci é o que concentra a maior quantidade de voos que chegam e partem do país, também com a possibilidade de conexão para outras cidades. Um pouco afastado de Roma, o Fiumicino possui possibilidade de deslocamento de trem e ônibus para a “cidade eterna”. 

 

 

O Aeroporto Internacional de Milão-Malpensa é um dos mais importantes da Itália e está a cerca de 49 km de distância da cidade, mas com possibilidade de fácil deslocamento até Milão.

Se deseja um voo direto para Florença, a capital da Toscana, é preciso escolher desembarcar no Aeroporto Internacional de Florença-Peretola. Já Veneza, outra cidade importante da Itália, caracterizada pelos canais, também possui aeroporto para quem deseja chegar até lá por via aérea: desembarque no Aeroporto Internacional de Veneza Marco Polo. 

Para sua viagem à Itália, é necessário observar se o voo escolhido fará conexões em outros aeroportos da União Europeia ou dentro da Itália, pois nem todos os destinos possuem a opção de voo direto do Brasil. 

Além disso, a documentação necessária para viajar para a Itália é apenas o passaporte válido, sem a necessidade de visto de turismo. 

 

PARA MARCAR NA AGENDA: atrações secretas da Itália

  • Veneza: A cidade conhecida por não possuir estradas, mas sim canais, é uma das queridinhas quando pensamos no norte da Itália. Veneza atrai turistas por suas pequenas ilhas e transportes via barcos e pontes, com arquitetura e arte que chamam a atenção, além de ser um dos destinos mais procurados por casais apaixonados. Desembarque em Veneza pelo aeroporto internacional ou por trens e ônibus que partem de diversas outras cidades.  
  • Costa Amalfitana: O sul da Itália que arranca suspiros de tão belo, com praias características e maravilhosas, a Costa Amalfitana abriga diversas cidades, entre as mais famosas: Amalfi e Positano, juntamente com a ilha de Capri, localizada próxima, ambas de tirar o fôlego. Hospede-se em uma dessas cidades, ou até mesmo nas pequenas em seu entorno, e tire uns dias para visitar esse pedaço de paraíso italiano.  
  • Sicília: A região reserva cidades barrocas cercadas por um vulcão, Etna. Sicília traz diversos encantos, a começar por ver o limão que leva o nome da região espalhado por vários lugares, junto com belas paisagens. Visite as cidades mais conhecidas – Taormina, Palermo e Catânia – e, claro, deixe um espaço para desbravar e descobrir pequenos e surpreendentes vilarejos. 
  • Puglia: Espere observar praias belíssimas e passear por vilarejos tranquilos, repletos de muito charme. Uma região que tem sido descoberta aos poucos pelos turistas e tem sido bastante preservada, Puglia reserva experiências gastronômicas impecáveis junto com uma simplicidade característica da região, que vale ser explorada. 

Gostou desse destino? Descubra outros destinos em nosso blog, especialmente Portugal, outro país europeu que atrai bastantes turistas.