🇿🇦 ÁFRICA DO SUL – TUDO PARA SUA VIAGEM

Cadastre aqui o seu e-mail
para receber nossas novidades e promoções

Cadastre aqui o seu e-mail
para receber nossas novidades e promoções

Para quem aprecia a beleza, é impossível não se apaixonar pela África do Sul. Um país encantador, diverso, cheio de cores e sabores incríveis.

  • O que fazer na África do Sul: atrações e opções de passeios 
  • Onde comer na África do Sul: os melhores bares e restaurantes do país
  • Quando ir a África do Sul: as melhores épocas para visitar
  • Onde ficar na África do Sul: opções de hospedagem para sua viagem
  • Como chegar a África do Sul: informações e deslocamentos
  • Para marcar na agenda: atrações secretas na África do Sul.

Localizada no Extremo Sul do continente africano, a África do Sul possui uma essência que pode ser capturada em vários elementos que fazem parte da identidade e da experiência do país. Tais elementos apresentam a infinitude de belezas ali presentes, que vão desde a diversidade cultural à beleza natural e diversidade geográfica. Nós da BeFly Travel, falaremos de suas principais cidades, opções turísticas, épocas para viajar, hospedagem, culinária e tudo mais.  

O que fazer na África do Sul

E aí, muita animação para conhecer esse país maravilhoso? Vamos então fazer uma tour pelos principais pontos turísticos sul-africanos, os quais você tem que conhecer quando estiver por lá!

Começamos pela histórica Cidade do Cabo. Uma das cidades mais bonitas do mundo, com a icônica Table Mountain, praias deslumbrantes, o movimentadíssimo V&A Waterfront e o magnífico Jardim Botânico de Kirstenbosch.

Em seguida, prepare-se para se encantar com o Parque Nacional Kruger. Localizado no nordeste da África do Sul, o Parque Nacional Kruger é uma das melhores reservas de vida selvagem do continente. É possível fazer safáris e ter a chance de ver de perto os famosos “Big Five” (leões, elefantes, búfalos, leopardos e rinocerontes).

E vamos agora para a Rota Jardim: uma rota cênica ao longo da costa sul do país, conhecida por suas paisagens deslumbrantes, praias de areia branca, florestas exuberantes e pequenas cidades encantadoras. A Rota Jardim oferece a oportunidade de explorar parques nacionais, fazer trilhas, mergulhar com tubarões e avistar baleias em determinadas épocas do ano.

E terminamos nossa tour em Soweto. Localizado nos arredores de Joanesburgo, o Soweto é um importante marco histórico e cultural. É conhecido por ter sido o centro do movimento anti-apartheid e por ser o local de residência de Nelson Mandela. Os visitantes podem explorar o Museu do Apartheid, fazer um tour pelo bairro e aprender sobre a história e cultura vibrantes do local.

Onde comer na África do Sul

A culinária da África do Sul é uma mistura de influências étnicas, incluindo a africana, europeia e asiática. Existem deliciosos pratos tradicionais, como o Bobotie – um prato tradicionalmente feito com carne moída, temperada com curry e ervas, coberta com uma mistura de ovos e leite e assada no forno. É geralmente servido com arroz, chutney de manga e amêndoas. E também o Biltong – um petisco popular, que é carne seca e curada, geralmente de carne bovina, mas também pode ser de avestruz. É temperado com uma mistura de especiarias e pendurado para secar, resultando em um lanche saboroso e rico em proteínas.

Estamos falando, portanto, de uma cena gastronômica vibrante, com uma variedade de restaurantes que atendem a diferentes paladares e estilos culinários. Aqui estão alguns dos principais restaurantes da África do Sul:

Começamos pelo espetacular The Test Kitchen (Cidade do Cabo). Eleito várias vezes como o melhor restaurante da África do Sul e classificado entre os melhores do mundo, o The Test Kitchen é conhecido por sua culinária criativa e inovadora, com pratos que combinam técnicas modernas e ingredientes locais. Ainda na Cidade do Cabo, sugerimos o La Colombe. Situado em uma bela propriedade nas montanhas Constantia, o La Colombe é famoso por sua cozinha francesa contemporânea, apresentada com um toque sul-africano. O restaurante oferece pratos refinados em um ambiente elegante. Em uma paisagem paradisíaca, temos o Wolfgat (Paternoster). Localizado em uma pequena cidade costeira, o Wolfgat ganhou destaque internacional com sua culinária de frutos do mar e ingredientes locais sazonais. O restaurante oferece uma experiência intimista e exclusiva, com um menu degustação cuidadosamente elaborado.

E para dar mais água na boca, temos o The Tasting Room at Le Quartier Français (Franschhoek). Este restaurante é conhecido por sua cozinha de autor e seu menu degustação elaborado pelo renomado chef Margot Janse. Os pratos são inspirados nas culturas e ingredientes locais, com uma abordagem criativa e sofisticada.

É importante lembrar que a África do Sul também é reconhecida mundialmente pela qualidade e variedade de seus vinhos. O país possui uma tradição vitivinícola que remonta a mais de 350 anos e oferece uma ampla gama de vinhos distintos. Oferece regiões vinícolas renomadas como Stellenbosch, localizada próxima à Cidade do Cabo, e a região de  Franschhoek. Também próxima à Cidade do Cabo, a região de Franschhoek é conhecida como a “Capital Gastronômica” da África do Sul. Além da sua culinária renomada, Franschhoek produz vinhos de alta qualidade, com destaque para os vinhos brancos, especialmente Chardonnay e Sauvignon Blanc. Isto é, você tem que provar os vinhos dessas regiões! Degustando cada momento dessa experiência incrível!

Quando ir a África do Sul

Depois desse menu delicioso, temos também que falar que a África do Sul possui um clima diversificado em diferentes regiões do país, o que significa que as melhores épocas para visitá-lo podem variar de acordo com os interesses e atividades planejadas. Aqui estão algumas informações sobre as melhores épocas para visitar a África do Sul, levando em consideração diferentes aspectos:

  • Clima geral: A África do Sul tem estações opostas em relação ao hemisfério norte. O verão ocorre de dezembro a fevereiro, o outono de março a maio, o inverno de junho a agosto e a primavera de setembro a novembro. No entanto, o clima pode variar em diferentes regiões do país.
  • Safáris e vida selvagem: Para uma experiência de safári, a melhor época para visitar a maioria das reservas de animais na África do Sul é durante os meses de inverno e primavera, de maio a setembro. Nessa época, as temperaturas são mais amenas, e a vegetação é mais escassa, tornando mais fácil avistar animais selvagens. No entanto, note que as áreas costeiras podem ser frias durante o inverno.
  • Observação de baleias: Se você estiver interessado em observar baleias, a melhor época é durante os meses de inverno e início da primavera, de junho a novembro. A cidade de Hermanus é famosa por suas observações de baleias-francas do sul nessa época.

Onde ficar na África do Sul

Um país tão incrível como esse oferece infinitas opções de lugares para conhecer e se hospedar. Falemos, então, das principais cidades, como, por exemplo, Cidade do Cabo – um destino turístico muito popular, e que oferece belíssimos hotéis, como o One&Only Cape Town e o Belmond Mount Nelson Hotel.

Precisamos falar também de Joanesburgo, que é o principal centro econômico do país – onde você pode se hospedar em hotéis incríveis, como o Four Seasons Hotel The Westcliff. E temos também Port Elizabeth, conhecida por suas belíssimas praias, e aconchegantes hotéis, como o The Boardwalk Hotel e o  The Beach Hotel

Como chegar a África do Sul

O principal aeroporto da África do Sul é o Aeroporto Internacional Oliver Tambo (JNB), anteriormente conhecido como Aeroporto Internacional de Joanesburgo. Ele está localizado em Kempton Park, cerca de 23 quilômetros a leste do centro de Joanesburgo, na província de Gauteng.

Na maioria dos casos, os voos entre Brasil e África do Sul geralmente exigem uma escala em uma cidade de conexão. As rotas comuns incluem escalas em cidades europeias, como Lisboa, Frankfurt ou Istambul, ou em outros hubs africanos, como Addis Abeba (Etiópia) ou Nairobi (Quênia). Essas escalas permitem a conexão com voos diretos para a África do Sul.

A África do Sul oferece várias opções de transporte turístico para explorar o país, como avião, carros alugados, ônibus de turismo, trem, táxi, tours e excursões etc. 

Para marcar na agenda

Além de tudo o que foi mostrado, a África do Sul também possui algumas gemas ocultas e atrações menos exploradas que podem surpreender os visitantes, como  o Estuário de Santa Lúcia. Situado na província de KwaZulu-Natal, o Estuário de Santa Lúcia é um Patrimônio Mundial da UNESCO e oferece uma biodiversidade incrível. É um lugar onde os rios se encontram com o Oceano Índico, criando um ecossistema diversificado com manguezais, pântanos e uma grande variedade de aves, mamíferos e répteis, incluindo crocodilos e hipopótamos.

E, também, as Montanhas Drakensberg. Localizadas na província de KwaZulu-Natal e se estendendo até o Lesoto, as montanhas Drakensberg são uma cadeia de montanhas deslumbrantes, com picos imponentes, vales verdejantes, cachoeiras e pinturas rupestres antigas


E aí, gostou do texto? Já está com as malas prontas para essa imersão apaixonante pela África do Sul? Então não perca a oportunidade e comece a se organizar para essa viagem incrível com a BeFly Travel. Além disso, convido você a ler, em nosso blog, sobre o Egito, outro belíssimo país africano.